2 de jun de 2014

X-men: Dias de um Futuro Supimpa

Olá chuchus, aqui quem fala é o Leona... é o estagiário do HQ Fan e como tive uma pífia participação - pra não dizer nenhuma, porque não tinha assistido o filme - no cast sobre o filme do título, resolvi fazer uma resenha marota mostrando a minha opinião sobre o filme. Como o cast não saiu na data prevista - PORRA POLVO! - acho que vai sair junto com o cast essa crítica.



Bom, o filme começa num futuro apocalíptico onde os mutanas são caçados por uma série de robôs que conhecidos como Sentinelas eque estão botando fundo no rabo dos mutantes - não do jeito que o leitor heterossexual quer fazer com a Anna Paquin. No meio dessa brabeira, parte dos mutantes sobreviventes descobrem um meio de mandar a consciência de um deles para o passado e quem sabe mudar o futuro para impedir o atentado que causou toda aquela situação. Como a viagem danos ao céLebro e uma viagem de 50 anos no passado arrebentaria com a cabeça de alguém comum, mandaram o Wolverine - Hugh Jackman pelado sem roupa - para no passado falar com o Professor Xavier jovem - James McAvoy hippie maconheiro - e Magneto jovem -  Michael Fassbender para o encanto das menininhas.

No passado, existe a discussão sobre a necessidade de criar-se um programa para deter os mutantes. Esse projeto é encabeçado pelo cientista e empresário Bolivar Trask - Peter Dinklage foda como sempre. Nesse meio tempo, você vê a Mística -  Jeniffer Lawrence gostosa - tentando salvar a barra dos filhos do átomo em meio a Guerra do Vietnã e acabando por descobrir as experiências as feitas pelo Bolivar com os amiguinhos dela, decidindo dar um fim nesse pequeno problema - heim? heim?.

Leia daqui pra frente no post tocando essa musiquinha aqui:



Cara, essa musica exemplifica o clima que tem no filme: é uma história boa dos X-men! Existe todo o climão do desenho dos anos 90, as várias piadinhas do Wolverine com a galera do passado e o Hugh Jackman não é o protagonista! Finalmente ele parou de enrabar o Singer e passou a fazer o papel do coadjuvante importante pero no mucho. Ele ta lá apenas pra fazer com que a história aconteça, deixando espaço para a galera do Primeira Classe aparecer.

O clima que eu falei antes é o de constante tensão entre a questão dos mutantes serem ou não uma ameaça, tendo agora uma visão mais dos dirigentes americanos da questão. Com relação ao futuro, existe toda a coordenação de ataques dos mutantes remanescentes e seus poderes gerando cena de ação fodas, além de muitos deles literalmente MERREREM! E não são mortes água com açúcar, são mortes bem violentas; então não levem aquele seu primo de 5 anos que gosta de Backyardigans e ainda pens que o cachorro da casa foi para um sítio no interior.


Infelizmente, o filme não é uma maravilha perfeita. Algumas inconsistências de roteiro, personagens inúteis, furos na história; vários desses fatores fazem com que a experiência não seja umas mil maravilhas. Contudo, o filme ainda se mantém assistível, divertido e é algo uma boa pedida para quem ta procurando algo para assistir no cinema.

Quanto as atuações, só irei listar as atuações que valem:

Anna Paquin:



Jennifer Lawrence:


Hally Berry:




Ellen Page:



Fan Bingbing:


Famke Janssen:


Por fim, vá ver o filmes sem pre-conceitos ou preocupações filosóficas e espere um bom filme dos mutantes e divertido. Não vai mudar sua vida, ganhar o Oscar ou acabar com a fome do mundo, mas engorda e faz crescer.

Nota: 8,0

E ai, que vocês acharam do filme? Deixem nos comentários e se quiserem deixem suas perguntas pro Sábio Mestre nos comentários também que elas entraram na seleção para serem feitas no cast. Valew e Falows!



comments powered by Disqus

Copyright @ 2013 HQFan Beta.

Distributed By Blogger Themes | Designed by Templateism | MyBloggerLab