3 de abr de 2014

Pesquisa! Top 5 - Os Cinco games mais difíceis de se zerar na Infância.






Fala galera, de boa?

Aqui quem vos escreve é a mais nova membro deste grupo de machos. Mais uma para a cota feminina do blog. Muito prazer eu sou a Pan Araújo.

Como esse é meu primeiro post é melhor falar um pouco sobre mim, certo? Bom... Sou Livrólatra assumida. Amante de CDZ, do mundo Marvel e da saga Assassin’s Creed. Estudante de canto lírico e piano clássico, embora eu esteja parada nos estudos musicais há dois anos. Não me considero gamer, mas amo jogos de console desde que era menorzinha, já que passei a maior parte da infância no fliperama / gamer locadora com meu irmão mais velho. E para concluir; nas horas vagas sou uma Blood Elf de classe Hunter no World of Warcraft, uma B.E que faz qualquer coisa pela honra e pela Horda.

Estou um pouco nervosa com meu post de estreia, porque apesar de ser tagarela eu sou uma menina tímida e que morre de medo do Toddy. (Afinal quem em sã consciência não teria medo do Toddy depois de ouvir o Podcast #46?! Até os homens deveriam ter medo!)E de resto vocês vão me conhecer melhor depois de algumas semanas.

Enfim, voltando ao assunto, eu pensei em várias coisas legais para meu post de estreia, mas, como nova estagiária do blog eu estava pesquisando mais a fundo e ouvi o Podcast #34 onde falaram de fliperama e KOF (meu jogo preferido de luta desde que me entendo por gente e eu estou triste porque eles ainda não me conheciam quando gravaram isso) Então como eles disseram no começo do Cast há uma lista de jogos muito difíceis de Salvar/Zerar/Fechar na nossa infância e tem sempre aqueles que consideramos impossíveis. Decidi, por meio disto, fazer uma pesquisa no meu face com amigos, e com amigos de amigos, e amigos de amigos de amigos e assim por diante. Acabou que chegamos a um top five.  Vale lembrar que essa sequencia não é de escolha minha, se fosse com certeza haveriam algumas alterações. Whatever, sem mais delongas vamos aos selecionados.

EM 5º LUGAR
BattleToads


Então, um jogo que eu sempre considerei estranho, mas vou mais a fundo nele por que acho muitas pessoas não o conhecem. Até os meus 10 anos pensei que eles fossem as tartarugas ninjas mais marombadas e sem as faixas na cara.

A história do jogo é aquele velho clichê onde alguém tem que salvar alguém. Nesse caso são dois sapos mutantes e adolescentes tem que salvar seu irmão mais novo e a princesa  que são raptados pela bruxa má Dark Queen líder do planeta Ragnarok, e pra isso eles contam com a ajuda de um abutre e professor chamado T. Bird e sua nave nabucodonosor  The Vulture.

Ele é um game para plataforma Nintendo, Sega Mega Drive/Genesis, Sega Game Gear, Game Boy, Amiga CD32, Arcade, Super Nintendo. Mas o que chama atenção nele não é a história e sim a dificuldade.  Mesmo na primeira fase ele já apresenta altos níveis de dificuldade e a qualquer hora você pode ter uma morte súbita se não prestar atenção.  Eu lembro que eu só faltava jogar o controle na parede de tanto ódio (só não o jogava na parede por que meu tempo seria descontado. Sim, eu era uma menina estressada) e sinceramente acho que ele merecia o primeiro lugar. Quem ainda não jogou vale a pena baixar um emulador e testar; é um ótimo passatempo e fez estrago na minha infância. Ficou com 3% dos votos apenas. Pelo visto nem todo mundo sentia a mesma dificuldade que eu.

EM 4° LUGAR
Donkey Kong Country

Pois é galera, quem não se divertiu com o Donkey e sua vasta (muito vasta mesmo) família de macacos e macaquinhas eu ouso dizer que não teve infância. Donkey Kong foi e ainda é um dos mais jogados e agrada praticamente todos os públicos, até minha mãe gosta e ela ainda hoje joga.  Ele assumiu a quarta posição com o jogo Donkey Kong Country. Nesse adorável jogo o mais difícil, segundo as pessoas que eu pesquisei, não é chegar no final e sim chegar no final com 100% das fases concluídas. Eu particularmente sempre achei os jogos da franquia Donkey Kong  difíceis em suas particularidades, mas devo concordar (E creio que a maioria vai concordar com isso) que salvar não era o desafio. O desafio mesmo estava em descobrir tudo que estava escondido na fase. Tipo os barris de bônus, os bônus extras, e os DK’s, ou seja, em outras palavras, a dificuldade está em completar o jogo com 100% das fases concluídas. Ele ocupou a 4° posição com 10% dos votos.
EM 3° LUGAR
Super Metroid
(Ou Metroid 3)

Aiai, o que falar da linda, maravilhosa e guerreira Samus Aran? (Meu Deus, que mulher perfeita  <3 *me recompondo em 3 2 1*) Esse jogo é foda. E eu lembro que passava tempos e tempos jogando ele com meu irmão na gamer locadora e nós ficávamos cada vez mais pobres e sempre mais viciados.A história do Game, pra quem não sabe, é futurista e a nossa protagonista uma mulher (Uma das primeiras mulheres a protagonizar um jogo), porém, entretanto, todavia, contudo ela está sempre coberta por uma armadura de alta tecnologia chamada Power Suit que é feita baseada no esqueleto da raça Chozu, a raça por quem foi adotada e criada depois que seu planeta fora destruído por piratas espaciais.  Por esta razão simplória só descobrimos que ela é mulher depois que fechamos o primeiro jogo.
Como nunca o achei um jogo muito difícil, perguntei aos meus entrevistados qual a dificuldade. E por incrível que pareça todos eles respondiam: “Passar de fase”. (-.-)
Ele ocupou a terceira colocação e obteve 12% dos votos 

E o nosso segundo lugar fica com:
Metal Slug - Super Vehicle SV-001


eu tenho certeza que todos aqui conhecem os jogos da franquia Metal Slug ou pelo menos já ouviu falar. (Até minha mãe jogou. Sim, eu tenho uma mãe legal e que joga vídeo game).

Ocupando o segundo lugar do nosso pódio está esse lindo e maravilhoso jogo elaborado pela SNK e embora ele tenha chegado primeiramente em 1996 para a plataforma Neo-Geo houve outras conversões para Arcade, virtual console, Sega Saturn e PS1.  
Ele tem um gênero bem conhecido de correr e atirar/tiroteio (Run e Gun) e conta com a presença de 4 protagonistas: Marco Rossi, Tarma Roving, Eri Kasamoto e Fio Germi, esta que por sua vez está presente também no jogo The King of Fighters – Maximum Impact 2 (Jogo muito com ela *O* /modesta). 
O jogo em si é uma paródia ao ambiente militar e tem muita influencia da segunda guerra mundial, se vocês prestarem bem a atenção, as armas inimigas parecem muito com a suástica nazista alemã. Tenho certeza que não preciso falar muito dele. A dificuldade está tem toda parte. Principalmente quando se era pra pegar o mecha, nessa hora não havia amigos, não existia irmandade, não existia amor, existia apenas você e o robô e quem estivesse na frente deveria ser eliminado ò_ó. (Eu tinha vontade de atirar no meu irmão sempre só pra pegar o robô *u*... Mas ele sempre pegava /sad ). Metal Slug - Super Vehicle SV-001 é ótimo para ajudar no trabalho em equipe e ficou com 15% dos votos dos entrevistados.  Ocupando assim a merecida segunda posição. 

E o nosso primeiro colocado, subindo no topo do pódio, sendo lindo e difícil. Responsável por quebrar mais controles do Nintendo do que iphone’s com flap Bird.
O que ninguém estava esperando (/irônica) 
COOONTRA 3  - The Aliens Wars


Gente, esse jogo... Esse maldito, esse lindo, essa coisa fofa e foda da mamãe foi responsável por muitas brigas lá em casa.  Era nego brigando por controle, era controle quebrado, era briga pra pegar a arma melhor, era eu levando bronca do meu irmão porque só morria ao invés de ajudar (não me julguem, eu tinha dez anos pfvr u_u) era a minha mãe brigando porque meu irmão nem dormia e nem me deixava dormir. Assim como metal slug esta coisa terrível é jogo de Run and Gun. E a dificuldade dele? TUDO!! Ainda hoje é considerado um dos jogos mais difíceis já feitos e creio que por esta razão ele ficou com 60% dos votos dos nossos queridos entrevistados. (Quero ressaltar que eu ainda acho BattleToads mais difícil).
Este jogo conta com a presença de dois protagonistas, estes que lhe são apresentados nos jogos anteriores de contra. Uma invasão alienígena acontece e lá vão eles se sacrificar por nós (e quando eu controlava o Bill ele se sacrificava MEEEEEEEESMO, morria toda hora, coitado. Sim, eu era uma tragédia). E ele conta com três níveis de jogo, mas não se enganem o fácil também é difícil. Em cada nível há um final diferente.
E bom, pra quem tem a raridade do super Nintendo ou quem tem um amigo que ainda tenha, que nem eu, vale muito a pena passar o tempo com isso. E pra quem não tem? Emulador, meus povos baixem e divirtam-se, mas é melhor você ter um parceiro, pois ninguém vai a lugar nenhum sozinho.



Então é isso galera, epero que tenham gostado da relação e pra quem acha que tem jogos mais difíceis  que estes postem nos comentários e deixem a relação de vocês. :D

Vou deixar aqui em baixo minha relação.
Beijos de 8Bits e até a próxima.

5º Donkey Kong
4º Super Metroid
3º Metal Slug
2º Contra 3
1º BattleToads


comments powered by Disqus

Copyright @ 2013 HQFan Beta.

Distributed By Blogger Themes | Designed by Templateism | MyBloggerLab