26 de fev de 2014

Hayao Miyazaki - A Aposentadoria de um Mestre

Olá galera, tudo bem? Como já é sabido, Hayao Miyazaki (73 anos) anunciou sua aposentadoria na 70ª edição do Festival de Cinema de Veneza (2013), através de uma carta do próprio autor. 
“No passado, eu fui chamado diversas vezes para o Festival de Veneza. Eu gosto muito do mundo. Mas gostaria de anunciar que estou me retirando do meu trabalho depois de Kaze Tachinu (Vidas ao Vento, e  está concorrendo ao Oscar 2014 de Melhor Animação). Gostaria de dizer adeus”.

"O trabalho de animação é uma construção com tijolos e argamassa. E eu senti que eu não seria capaz de colocar mais um tijolo".

Conhecido por seu método extremamente meticuloso, Miyazaki costuma levantar às 6 horas da manhã diariamente e parte para o Studio Ghibli, de onde só sai às 21h. A rotina de trabalho inclui, às vezes, feriados e fim de semana. "Eu costumo adiar a pausa para o almoço. Quando você come, fica com sono e cansado", entrega ele, que desenha à mão todo o storyboard.

Apesar de todo o avanço das técnicas de animação, Miyazaki confessa que não consegue deixar de fazer tudo à mão. "Quando vejo pessoas trabalhando em computadores para criar animação é como assistir a algo mágico acontecer. Mas eu sempre viro as costas e volto para o lápis e o papel".

“... hoje eu deixo a minha mesa 30 minutos mais cedo comparado à época de Ponyo, imagino que logo vai se tornar uma hora. Não há nada que se possa fazer a respeito desses problemas físicos que vêm com a idade e odiá-los não faz diferença. Existe a opinião de que eu deveria fazer as coisas de outra forma, mas se eu pudesse já teria feito há muito tempo, só que eu não posso. Então, tudo que posso fazer é persistir em fazer as coisas do meu jeito, assim percebi que longas-metragens seriam algo impossível.”

“Enquanto eu puder dirigir o meu carro, ainda posso ir pro estúdio. Acho que vou fazer as coisas que eu acabo querendo fazer e as coisas que eu posso fazer. Neste momento eu preciso dar uma pausa, então provavelmente vou arranjar algumas coisas para fazer enquanto estiver descansando. Se eu fizer promessas aqui, provavelmente vou acabar quebrando todas elas, então, por favor, entendam porque estou parando por aqui.”

Filmografia:

Panda Kopanda (Panda! Go Panda! - 1978)

A alegre Mimiko tem uma família muito incomum para uma garotinha – um urso Panda como “Papai” e o filhote deste, Panny, que a chama de “Mamãe”. Quando Panny segue Mimiko até a escola, tenta fingir que é um ursinho de pelúcia para não colocar a menina em apuros. Mas, apesar dos esforços para se comportar, Panny causa confusão na cozinha e passa a ser perseguido. Afinal, todos querem um pandinha fofo para brincar! 

Rupan Sansei: Kariosutoro no Shiro (O Castelo de Gagliostro - 1979)
Lupan é um ladrão famoso, e após um roubo bem sucedido, percebe que foi enganado e roubou notas falsas. Disposto a encontrar a origem do dinheiro falso, ele descobre que o dinheiro vem de um país distante e esquecido, já famoso pela fabricação de dinheiro falso no mundo todo, e encontra Clarisse, a herdeira da família real de Cagliostro. Clarisse está em perigo devido ao segredo que sua família esconde.

Kaze no tani no Naushika (Nausicaä do Vale dos Ventos - 1984)


Em um mundo poluído pelo homem, e miserável pelas Guerra, os países que sobreviveram estão isolados uns dos outros e lutam para sobreviver ao Mar da Corrupção, uma floresta de vegetação e insetos venenosa. Nausicaä é a Princesa do Vale do Vento, um dos países que sobrevive em paz, quando é atacado por um dos países. Nausicaä precisa defender seu povo e compreender a floresta venenosa.

Tenku no Shiro Rapyuta (Laputa: O Castelo no Céu - 1986)

Pazu resgata uma menina inconsciente descendo do céu noturno com um pingente brilhante em torno de seu pescoço. Ele ajuda a menina, Sheeta, para escapar dos piratas do ar e os militares que estão obcecados com a Laputa, um lendário reino em uma ilha flutuante no céu com que Sheeta é suspeita de ser ligada.
Tonari no Totoro (O Meu Vizinho Totoro - 1988)

Duas meninas se mudam com seu pai para o interior do Japão, com o objetivo de ficar perto da mãe (que está internada em um hospital). Lá, elas viverão muitas aventuras ao lado do espírito protetor da floresta, Totoro, que na verdade chama-se Torōru (do inglês troll), mas a caçula Mei não consegue pronunciar este nome. Inicialmente, apenas Mei pode vê-lo, depois a mais velha Satsuki também tem sua chance de o encontrar.


Majo no Takkyubin (O Serviço de Entregas da Kiki - 1989)

Kiki é uma bruxa em treinamento, vivendo em um vilarejo onde sua mãe é a perita em ervas local. É uma tradição entre bruxas fazer uma viagem de um ano sozinhas quando elas fazem 13 anos. Na abertura da história, Kiki voa em direção à cidade grande com seu gato preto e melhor amigo Jiji. 

Kurenai no Buta (Porco Rosso - 1992)

Marco Pagot é um piloto italiano veterano da Primeira Guerra Mundial vive como um freelance caçador de recompensas perseguindo "piratas do ar", no Mar Adriático que outrora fora amaldiçoado e transformado em um híbrido de homem com cabeça de porco.


Mimi wo sumaseba (O Sussurro do Coração - 1995)

Shizuku é uma jovem de 14 anos que gosta muito de ler e tem metas espantosas de leitura. Mas percebe que sempre que pega um livro, o mesmo garoto já havia lido antes dela o que a deixa intrigada e ao mesmo tempo curiosa de conhecê-lo.


Mononoke Hime (Princesa Mononoke - 1997)

Ashitaka é o príncipe de uma tribo (Aino) quase extinta, que é atacada por um Tatarigami, um demônio-deus da floresta. Ashitaka salva sua tribo, mas é vítima da maldição do Tatarigami, que consome sua vida aos poucos através do ódio. Tudo que ele ver e ouvir na sua busca deverá ser julgados com os olhos do coração.


Sen to Chihiro no Kamikakushi (A Viagem de Chihiro - 2001)

Chihiro é uma garota mimada e voluntariosa, que se vê numa situação infeliz quando seus pais anunciam a mudança para uma cidade do interior, obrigando-a a abandonar seus amigos e a escola que tanto gostava. Durante a viagem, eles se perdem, e vão parar em outro mundo, o mundo dos deuses. Chihiro agora deverá amadurecer, se quiser salvar seus pais e voltar a ver seu mundo.

Neko no Ongaeshi (O Reino dos Gatos - 2002)

Certo dia, voltando da escola, Haru (voz de Chizuru Ikewaki) avista um gato peculiar, que leva consigo, na boca, um pequeno embrulho. Distraído, o gato principia a travessia de uma rua movimentada, mas se atrapalha com o embrulho e não percebe que um automóvel vem à sua direção. Haru corre para salvá-lo, e o faz com êxito. No dia seguinte, fatos estranhos somam-se à rotina da garota, em decorrência da vida que salvou.

Hauru no ugoku shiro (O Castelo Animado - 2004)

Sofia é uma jovem de 18 anos que trabalha na chapelaria de seu pai. Em uma de suas raras idas à cidade ela conhece Hauru, um mágico bastante sedutor mas de caráter duvidoso. Ao confundir a relação existente entre eles, uma feiticeira lança sobre Sofia uma maldição que faz com que ela tenha 90 anos. Desesperada, Sofia foge e termina por encontrar o Castelo Animado de Hauru.

Gake no Ue no Ponyo (Ponyo - Uma Amizade que Veio do Mar - 2008)

Inspirada no conto A Pequena Sereia de Hans Christian Andersen, a animação japonesa conta a história de Sosuke, um menino de cinco anos que mora numa pequena cidade banhada pelo mar e de uma peixinha dourada chamada Ponyo. Numa manhã, enquanto brinca na praia, ele a conhece e logo iniciam uma bela amizade.

Kaze Tachinu (Vidas ao Vento - 2014)

Jiro Horikoshi, vive em uma cidade do interior do Japão. Um dia, ele tem o sonho de estar voando em um avião com formato de pássaro. A partir desse sonho, ele decide que construir um avião e colocá-lo no ar é a meta da sua vida. Durante a busca pelo seu sonho ele conhece Naoko, uma jovem encantadora por quem se apaixona. No entanto, Naoko fica profundamente doente, sem saber se sobreviverá.

Me despeço com essa homenagem bem bacana de Os Simpsons. Beijos e até a próxima!! ;)

Fontes:
Revista Época

comments powered by Disqus

Copyright @ 2013 HQFan Beta.

Distributed By Blogger Themes | Designed by Templateism | MyBloggerLab