11 de jun de 2013

Os inimigos podem ser os Titãs, mas para um Gold Saint, nada é problema! Episódio G

Aiolia e companhia já foram adolescentes e eram bem fortes...


Beleza pessoal, estou de volta e hoje trago pra vocês a história daqueles que são considerados os mais fortes entre as oitenta e oito constelações. Sim meus amigos, vamos falar dos cavaleiros de ouro dentro da história do Episódio G. Incrivelmente ainda desconhecidos para alguns e difícil de entender dentro da cronologia oficial para outros. É isso ai, seguindo em frente meus camaradas.


Episódio G é o nome do mangá spin-off dos Cavaleiros do Zodíaco, publicado no Brasil pela Editora Conrad. Seu nome vem de Gold que significa ouro em inglês; tal denominação se deve aos Cavaleiros de Ouro que são os protagonistas da série, mostrando de onde veio a fama de mais poderosos da história. Aiolia de Leão é o principal e é auxiliado pelos demais cavaleiros de ouro na batalha contra os Titãs (os mesmos que desafiaram os Deuses do Olimpo). Masami Kurumada (autor da série original), lançou o mangá pela Champion Red, revista japonesa menos comercial que a Shonen Jump . Megumu Okada  é o autor do cenário, do roteiro da história e dos desenhos.


A história passa antes da saga clássica de Seiya e os demais. Aqui os protagonistas são os cavaleiros de ouro e um protagonismo um pouco exagerado em cima de Aiolia de Leão, o que torna a série as vezes chata, pois sempre é esperado uma participação maior dos outros guerreiros dourados. Aiolia é tido como o "'homem do mau presságio". Aquele que está destinado a libertar Cronos, o rei dos Titãs. O Leão domina o poder do único elemento natural que Cronos não possui, o poder do relâmpago. Os Titãs  querem a arma mais poderosa de seu líder (A gadanha Megas Drepanon do Titã Cronos), que está lacrada no santuário, aos pés da estátua de Atena. O legal dessa série é que mostra um pouco da rotina dos jovens cavaleiros de ouro, as doze casas são mostradas como moradias mesmo dos cavaleiros, com objetos pessoais de qualquer casa "normal".




O traço de Megumu Okada é bem diferente dos que os fãs de saint seiya estavam acostumados, aqui os detalhes dos personagens e das armaduras são muito bem mostrados. Mas as vezes durante as cenas de batalha a pessoa fica um pouco perdida com tanta coisa que é desenhada na cena. Uma outra questão é que todos os personagens são desenhados com traços muito "femininos", o que as vezes torna complicado diferenciar alguns personagens novos que vão aparecendo. Mas, o mangá é muito bem trabalhado, o roteiro é muito bom e todos os cavaleiros de ouro tem uma participação importante na história, quase sempre ajudando Aiolia. Até mesmo o Mestre Ancião consegue projetar uma imagem dele mais novo para ajudar o cavaleiro de leão.


Minha opinião? Bem, como já coloquei ali em cima, o mangá é realmente muito bom. Mas uma pergunta que todos fazem depois de ler, é que se essa história faz parte da cronologia oficial de Saint Seiya, como cavaleiros que enfrentaram os Titãs, poderiam perder para guerreiros de bronze ou espectros? Pois é, uma pergunta realmente dificil de responder. Mas, se vocês puderem me ajudar a completar minha coleção do mangá, eu só preciso do número quinze, que deixei passar, agora tá difícil!


E quando eu digo me ajudar a completar, é me dar de presente, pois eu não tenho dinheiro, meus queridos, depois darei um forte abraço, na boa pessoa! hehehe! valeu



comments powered by Disqus

Copyright @ 2013 HQFan Beta.

Distributed By Blogger Themes | Designed by Templateism | MyBloggerLab