19 de nov de 2012

O Nerd Pegador #02: Lidando com a Timidez




Ok, nem todo nerd é tímido, mas muitos nerds o são. Sério, vai dizer que cê nunca ficou constrangido ao chegar perto daquela gata que todo mundo baba na sala de aula? Ou então você, “nerda”, nunca ficou boladinha, achando que o carinha nunca vai te dar atenção or isso nunca falou com ele? Acontece que a timidez é algo comum à todos os seres humanos. Alguns a tem em níveis baixos, lidando com ela naturalmente enquanto outros se deixam dominar por essa coisa sombria que às vezes não nos deixa agir. A primeira coisa a fazer é entender em qual desses níveis você se encontra:  muito, muito tímido, apenas tímido, extrovertido etc. Tem uns testes pra saber qual é o seu tipo de timidez. Bom, não custa nada...




Bom, posso falar das minhas experiências com a timidez. Uma vez uns amigos estavam “botando pilha”, dizendo que eu deveria chegar em uma mina da minha sala de aula. Eu tinha, sei lá, 12 anos. Um dia eles fecharam a sala pra nós na hora do intervalo, famoso recreio. Era a minha chance, cara!  Eu nunca tinha beijado ninguém, então aquele seria o dia! Bom, não foi. Eu fiquei tão travado, pensando no que ela ia achar de mim, com medo de não fazer as coisas do jeito certo,  que as horas se passaram e a turma entrou pra ter aula. Perdi uma bela oportunidade. Um mês depois, um outro amigo deu uma festa e ela estava lá. Meus amigos me zoaram porque eu não peguei ela, então no impulso, fui lá e fiquei com ela. Ok, é uma história boba, mas representa  o sentimento de muitos nerds, às vezes até na vida adulta.

Temos duas situações:

1 – A garota estava na minha mas eu travei.

Isso acontece geralmente quando você e preocupa muito com o que os outros vão pensar, quando a expectativa torna aquele pequeno ato de dar um beijo em algo muito maior na sua cabeça.  

2 – Eu precisei tomar coragem e me redimir comigo mesmo. Não podia deixar aquilo me dominar.

Chega uma hora em que você tem que tomar uma decisão: ou você  se mexe ou vai ser escravo de uma bobagem pro resto da sua vida. E aí, o que vai ser?  Naquela hora eu sabia que tinha que me mexer.



 Lembra do que eu falei no primeiro post sobre saber quem você é? Pois é, isso é fundamental.
Pense: se você é tímido, qual é o motivo pra isso? Você se acha feio ou feia? As pessoas te zoaram então você ficou, de certa forma, traumatizado e  evita contato com as pessoas? Você não tem o polegar da mão esquerda?  Você se sente inferior às outras pessoas? Pode até parecer que essas questões são bobas, mas é a realidade de muita gente. Não que elas sejam assim, mas às vezes as pessoas, por pura babaquice, falam tanto de você que você acaba fixando isso na sua mente e achando que você realmente é assim. Às vezes as pessoas são apenas idiotas. Elas vão procurar algo pra rir e,  se algum dos idiotas implicar com você, vão falar de você sem motivo. Mas isso nem de longe significa que você deva se mostrar ou pensar que é inferior a eles. Pessoas assim costumam procurar pessoas pra zoar porque querem  desviar a atenção de si mesmos. Aprenderam isso quando crianças e levm isso pro resto da vida, ou até amadurecer. Talvez seja a forma delas de lidar com a própria timidez, desviando a atenção de si mesmos para outros. Não é certo, porque acaba prejudicado a pessoa que foi alvo, às vezes pra sempre. Mas você não pode deixar isso dominar você. Você tem que ser racional. Você em que pensar: como eu sou, quem eles dizem que eu sou e quem eu quero ser?  Pensando assim, você talvez encontre um caminho pra lidar com a timidez.

Se o seu problema for muita, mas muitas timidez por falta de contato com o sexo oposto, vai uma dica pra começar. Se você costuma usar ônibus, vai perceber que às vezes as pessoas evitam sentar perto de gente bonita. Como é?  Hahaha, é isso mesmo. Sempre que tem uma loiraça e um dos lugares disponíveis é ao lado dela, vejo as pessoas desviando e indo pra um outro lugar. Bom, isso acontece porque elas ficam intimidadas pela beleza da criatura.  É simples, não fique intimidado. Senta ao lado  dela. Nao fica olhando, não fica babando, não precisa puxar assunto, nada disso. Simplesmente sente, coloque seus fones de ouvido e siga viagem. Com o tempo, você vai perder a timidez e vai falar com as pessoas com naturalidade. Faça isso não apenas no ônibus, mas onde houve a oportunidade. O importante é você não criar uma expectativa exagerada toda vez que encontrar uma gatinha. Você não tem que pensar que é inferior, você tem que pensar: nós somos iguais, os mesmos sentimentos que você tem, ela tem. Talvez o que mude seja a forma como vocês lidam com isso. 

Existe uma coisa que você precisa entender e tem que ser agora. Você já parou pra pensar em quanta vida pode estar perdendo, em quantos dias de sol na praia ou na fazenda ou dias no shopping ou na balada ou onde for SÓ POR CAUSA DA MALDITA TIMIDEZ???  A sua vida pode estar passando e você aprisionado numa bobagem que só existe dentro da sua cabeça.

Esse cabeludo aí é a prova de que mesmo que você seja muito estranho como ele, pode ter alguma diversão.

Esta é uma primeira reflexão sobre a timidez. Ainda haverão outras, muitas outras. Entendeu? Te ajudei? Beleza. Isso é fundamental pro próximo passo: a abordagem. Curte, compartilha e mande pra alguém que você acha que vai ser ajudado por este post. Comenta aí embaixo e até a próximas!
Quando curtir, não esqueça de clicar em "confirm" depois! 


comments powered by Disqus

Copyright @ 2013 HQFan Beta.

Distributed By Blogger Themes | Designed by Templateism | MyBloggerLab