19 de jul de 2011

Como Ganhar Dinheiro com Quadrinhos na Internet

Primeiramente temos que refletir sobre uma coisa: tem como combater a pirataria hoje em dia? Se para as grandes empresas já é difícil, imagine para um artista, sozinho. Hoje em dia, se encontra de tudo na internet gratuitamente (legal ou não). Músicas, filmes, "revistas", ebooks etc. Considerando isso, vale fazer uma pergunta para o quadrinista da Era atual: por que cobrar pela leitura do seu produto se ele pode acabar sendo baixado de graça em algum outro site? Vamos considerar então os meios de se conseguir algum tutú com seu trabalho na internê.



Cobrar Pelo Download Funciona?

Digamos que você resolva cobrar pelo download do seu quadrinho. Se você é famoso, provavelmente alguém, em alguma parte do mundo vai comprar sua HQ via download. Ela pode acabar sendo copiada para o pc de um amigo dessa pessoa, e depois para outro amigo e para outro e mais outro até que alguém acaba disponibilizando seu produto gratuitamente para download. Isso é legal do ponto de vista do reconhecimento que você acaba tendo, mas para quem pensa em conseguir alguma arrecadação com isso, provavelmente vai ser uma grande furada. Se você é novato, tem muito menos chances de alguém acabar gastando dinheiro com sua HQ, a não ser que ela seja inovadora ou, no mínimo, muito boa. Com o tempo, o desânimo chega, e é bem provável que o autor desista de dar continuidade a um projeto que não lhe está dando retorno. Do meu ponto de vista, é muito raro alguma iniciativa dessa dar certo logo de cara e ainda que dê, logo alguém consegue quebrá-la. Então, pra se trabalhar com internet é preciso entender que você não  está vendendo uma revista no papel, onde se cobra por revista. está em um meio diferente e ainda mal explorado para o mercado de HQs.


Método 1: Publicidade


Como os grandes blogs e sites ganham dinheiro? Da mesma maneira que a TV e o rádio: com publicidade. Se seu blog for famoso, alguma marca logo vai querer se associar a ele, mesmo que apenas com um banner em flash na página inicial. E elas vão pagar. Voltando à televisão, a TV Globo, por exemplo se sustenta com anúncios de empresas como Coca-Cola, Wolksvagem e diversas marcas que pagam cenntenas de realzes por alguns segundos na tv. A Globo oferece seus produtos gratuitamente seus programas de forma gratuita, independente de serem bons ou não, e as marcas percebem que vão atingir milhares de pessoas se houver um pequeno intervalo nesse programa para falar de seu produto.  Eles fazem isso porque sabem que vão, de fato, atingir diretamente o público daquele canal específico e milhares de outras indiretamente se sua campanha for legal, divertida, criar novos bordões etc. Então há dinheiro para quem produz e dinheiro para quem anuncia, já que as pessoas que foram atingidas acabam tendo aquela referência de produto e acabam consumindo.

Como trazer isso para sua HQ? Atraindo anunciantes. Você cria um blog, posta um capítulo ou sua tirinha sua charge ou animação e se ela atingir um grande público, as pessoas vão querer anunciar com você. Quando alguém quiser ler seu quadrinho, vão ver um anúncio de um produto relacionado e vão acabar clicando. Você pode recorrer também aos programas de afiliados, onde se ganha por clique no banner do post. Quanto vale o espaço no blog onde você publica seu quadrinho? Tudo isso depende da sua audiência. Quanto mais pessoas atinge, mais pessoas a propaganda vai atingir, ao menos em teoria. Alguns fatores vão dizer qual o quanto você pode cobrar: a qualidade do seu quadrinho, seu alcance, seu anunciante e, principalmente, você.


Qualidade:
Se seu produto tem qualidade e é inovador ou ao menos divertido, as pessoas vão querer ler. Mais isso não significa que ele tenha uma boa audiência. Programas como Zorra Total tem a maior audiência da tv pública nas noites de sábado e todo mundo sabe que é uma porcaria. Não basta ser bom, tem que saber capturar o público, aparecer na hora certa e capturar a audiência, principalmente na internet, onde as pessoas escolhem muito mais do que antes dela o que vão ler.


Alcance:
Vamos usar novamente o exemplo do Zorra Total. É um  dos programas mais odiados dos últimos dez anos, entretanto consegue se manter no ar e com uma boa audiência. A pergunta é: por quê? Eu diria que por dois fatores. Primeiro: a grande massa brasileira não tem outras opções, como a TV a cabo. Literalmente só tem isso para assistir no sábado a noite. Segundo: ele dialoga coma linguagem do "povão". Ele faz a piada simples que é entendida pela massa. Então, quem não tem opção, assiste e acaba rindo com as piadas de massa. Sem querer ser repetitivo, as empresas pagam por alguns segundos por que sabem que se falarem com essas pessoas, serão suas referências na hora da compra. Olha o que o Bombril fez com a lã de aço. Então o segredo para atrair anunciantes é atingir um grande público. E quando se é iniciante, isso requer muito trabalho.


Anunciante:
Se procurarem nos sites especializados em quadrinhos, os produtos anunciados ou são revistas, action-figures ou filmes, geralmente adaptações dos personagens. Isso nos remete à mais uma pergunta: por que vou anunciar a minha pasta de dente "Colglinos" naquele site sobre computação gráfica se quem frequenta o site não está interessado nisso? A responta é simples: eu não vou! É importante anunciar o produto para pessoas que sejam compradores em potencial. Então, se meu site é sobre cinema, vou querer anúncios de filmes. Se meu site e sobre saúde, talvez aí sim caiba o anúncio da pasta de dente Colglinos. Então, se você publica quadrinhos na internet, por que não um anúncio de uma comic shop ali, discretamente abaixo da postagem? tente sempre relacionar o produto ao seu conteúdo.


Você
Repito a pergunta: quanto vale o espaço no seu blog? Seu site tem o alcance que o anunciante necessita? Ele vai querer pagar R$2000,00 se você atinge 100 pessoas por dia? Provavelmente não. Então saiba cobrar. Você deve saber ser flexível sem desvalorizar seu produto. E  tenha um mídia kit.



Este foi um método. Vejamos o outro que vamos analisar.

Método 2: Produtos Relacionados

Muitos artistas publicam suas tirinhas gratuitamente no site e depois fazem um encadernado com elas. Então, ele pode reunir todas as tirinhas que ele publicou durante um ano inteiro e lançá-las em um único livro. Ou então vende bonecos de pelúcia ou action-figures de seus personagens ou mesmo outros produtos. Basta inovar e ter algo que as pessoas queiram ou precisem associado à sua marca. Mesmo ilustrações de seus personagens para publicidade alheia é válido (e como). Mas para isso é preciso saber tratar seu quadrinho como produto.


Não basta fazer uma HQ hoje, depois descontinuar, depois fazer mais duas páginas e ir dormir. Tem que ser profissional, e profissional significa alguém que trabalha e não alguém que desenha bem. Não basta ser um excelente artista, tem que produzir.  E tem que entender que a partir do momento que você lança um personagem para o público, ele não e mais só seu. Ele está ali pra ser absorvido pelo público e trabalhado pela imaginação de quem está lendo. E o público tem suas próprias expectativas em relação ao personagem e a seu universo, então não basta fechar os olhos e seguir só aquilo que você planejou (isso se planejou...), tem que saber dar o que a audiência quer ler. A saga DragonBall começou de um jeito e terminou de outro completamente diferente. Isso é resultado da resposta do público em relação a pequenos estímulos que o autor deu. Para entender isso, se imagine em uma padaria. Você entra para comprar pão. Então vê que eles também vendem sonho, aquele doce que sofre piadas constantes com o John Lennon. Você passa a ter vontade de comer aquele sonho e decide comprá-lo. Imagine que o atendente, ao ver que você comprará também o sonho, lhe oferece algum outro doce. "Tem também, quer levar?" Se lhe encher os olhos, você vai comprar. Como autor de quadrinhos ou de algum outro produto, você tem que saber dar o que o público quer e lhe oferecer coisas boas. Então, haja profissionalismo e prática.


Por enquanto é isso, antes que o post fique gigante. Leia, pense, repense, planeje em, principalmente, trabalhe. É mais fácil vender uma página do que uma idéia.  Vou fazendo updates conforme for necessário.

@Renan_Ishin pretende ser publicitário e tenta ser quadrinistas de internet.

comments powered by Disqus

Copyright @ 2013 HQFan Beta.

Distributed By Blogger Themes | Designed by Templateism | MyBloggerLab