11 de dez de 2010

Um Pouco Sobre Vampira

O nome original dela, Rogue, não tem nada a ver com vampiros e significa "trapaceiro" ou "tratante", o que acaba se enquadrando com a moça devido aos seus poderes que são um tanto quanto trapaceiros.

ORIGEM e PODER
Se você conhece assistiu aquele seriado que sempre repete na TV chamado X-men Evolution, verá que as manifestações de seus poderes não são diferentes da original, com apenas algumas diferenças, como por exemplo, Cody já era namorado da Vampira estavam na casa dela (Cody achou que ia ser dar beeeemmm) , mas quando ela o beijou os poderes se manifestaram, e, ela absorveu a mente e as habilidades dele.
Vampira é uma mutante com a habilidade de sugar a psique das pessoas com um toque em sua pele.


APARIÇÃO
 

sua primeira aparição foi na revista Avengers Annual 10, de 1981. Não só havia estreado no mundo MARVEL como vilã mas também estreava com muito estilo, pois não é todo o vilão MARVEL que estréia dando uma surra no Capitão América. Aliás, disse Capitão América?? eu quis dizer TODOS , isso mesmo, eu disse TODOS os Vingadores sozinha incluindo Thor, Mulher aranha, Visão e Gavião Arqueiro e até o Homem de Ferro. Bem ... digamos que ela teve uma ótima estréia para uma iniciante.


      
 
HISTÓRIA E CUROSIDADE
 

Durante sua briga contra Miss Marvel, ela absorveu permanentemente os poderes dela, o poder de voar, super-força, quase invulnerabilidade, e a psique da mesma. Foi assim que ela descolou as outras habilidades, ou seja, esses poderes não pertencem realmente a ela.
Após ela perceber que não tinha controle total dos poderes, procurou por Charles (Chico) Xavier que a receber de braços abertos (mesmo após ela ter saído na mão com eles também) pouco a pouco, Vampira foi conquistando seu espaço na equipe e a confiança dos demais e o coração de um certo Remy LeBeau... e, atua até hoje nos X-Men como uma das preferidas.



comics, x-man

Por Marcelo Gualberto

comments powered by Disqus

Copyright @ 2013 HQFan Beta.

Distributed By Blogger Themes | Designed by Templateism | MyBloggerLab